Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Ucrânia: primeiro-ministro, Mikola Azarov pede demissão para resolver a crise

Com o objetivo de facilitar uma solução pacífica da crise, Mikola Azarov deixou seu cargo de primeiro-ministro.

Publicada: 28/01/2014 - 15h27m|Fonte: Redação|Versão para impressão|

  • Mikola Azarov - Primeiro-ministro da Ucrânica, pediu demissão na manhã do dia 28/01/2014.
  • Mikola Azarov - Primeiro-ministro da Ucrânica, pediu demissão na manhã do dia 28/01/2014.
    Foto: Mikola Azarov
O Parlamento ucraniano se reúne nesta nesta terça-feira (28) em Kiev para discutir o futuro político do país. A reunião visa superar a cria iniciada há dois meses e discutir o pedido de demissão, hoje pela manhã, do primeiro-ministro, Mikola Azarov.

Um dos principais líderes da oposição, o boxeador Vitali Klitschko, declarou que a demissão do premiê é um primeiro passo para a vitória dos militantes pró-europeus.

Com o objetivo de facilitar uma solução pacífica da crise, Mikola Azarov deixou seu cargo de primeiro-ministro. “Tomei a decisão pessoal de solicitar ao presidente da Ucrânia que aceite a minha demissão do cargo de primeiro-ministro com o objetivo de criar condições para um compromisso político para resolver o conflito pacificamente”, afirmou Azarov num comunicado.

A sessão extraordinária do Parlamento é considerada crucial em um momento em que o governo acenou com a possibilidade de decretar estado de urgência no país. O Parlamento, que é dominado pelo governista Partido das Regiões, vai estudar as concessões feitas pelo presidente ucraniano. Já os manifestantes pró-europeus que criticam o governo de Yanukovitch permanecem nas ruas atrás de barricadas feitas com neve e sacos de lixo.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook