Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Variedades

Twitter e Instagram: briga esquenta e fotos desaparecem

Postar links para as fotos da rede social ainda é possível, mas os usuários não poderão mais visualizá-las diretamente no microblog

Publicada: 11/12/2012 - 07h00m|Fonte: IDGNOW!|Versão para impressão|

  • Twitter e Instagram: briga esquenta e fotos desaparecem
A disputa entre o Twitter e o Instagram está esquentando. Cerca de uma semana após desativar a ferramenta de integração do Instagram - o que dificultou a visualização de imagens no Twitter -, a rede social retirou de vez todas as fotos do microblog.

O Twitter anunciou em sua página de status que o Instagram desativou a integração de fotos com o site. "Como resultado, as imagens não mais aparecerão em tuites ou galerias de fotos dos usuários", informou o microblog. "Enquanto tuitar links para fotos do Instagram ainda é possível, você não poderá mais vê-las diretamente no feed, como acontecia anteriormente."

Nem o Twitter, nem o Instagram comentaram imediatamente sobre o caso.

Na semana passada, o CEO e cofundador do Instagram, Kevin Systrom, disse à Computerworld, por e-mail, que ele queria criar a melhor experiência para os aplicativos de compartilhamento de fotos, mas também queria que os usuários passassem mais tempo no Instagram.

"Alguns meses atrás, nós apoiamos o Twitter Cards, porque registramos uma presença na Web pequena", disse Systrom por e-mail. "Nós lançamos diversas melhorias para o nosso site, desde então, que permitem que os usuários se envolvam diretamente com o conteúdo do Instagram por meio de likes, comentários, hashtags e acreditamos que a melhor coisa a se fazer agora para nós é conectar esse conteúdo de volta de onde ele veio."

"Nós continuaremos a avaliar como podemos melhorar a experiência com o Twitter e as fotos do Instagram", acrescentou. "Como tem sido o caso, os usuários do Instagram ainda podem compartilhar no Twitter, como eles originalmente faziam antes do Twitter Cards."

O relacionamento entre o Twitter e Instagram ficou mais complicado em abril, quando oFacebook comprou a empresa do popular aplicativo de compartilhamento de fotos por 1 bilhão de dólares.

O aumento drástico de usuários no Instagram também não ajudou. O Twitter acabou ficando um pouco para trás na corrida de usuários móveis.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook