Segunda-Feira, 01 de Julho de 2013

Página Inicial>Brasil

Serra "Ladra aux bois", diz Carta Maior

'Ele ladra aux bois, quer dizer, a torto e a direito.Enfim, o sujeito está no sufoco e fala qualquer coisa. É o fim de festa', dizia Celso Furtado

Publicada: 15/07/2010 - 10h51m|Versão para impressão|

  • Serra
CELSO FURTADO SOBRE O CANDIDATO SERRA EM 2002:

'Ele ladra aux bois, quer dizer, a torto e a direito.Enfim, o sujeito está no sufoco e fala qualquer coisa. É o fim de festa', dizia o saudoso economista brasileiro, ao site do PT, em 13-10.

EM 2010 O 'AUX BOIS' SE REPETE: SERRA SAI DO ARMÁRIO E EMITE UIVOS ANTI-SINDICAIS, COMO A UDN EM 1964.

Em evento nesta quarta-feira (14) promovido pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), em São Paulo, o candidato do conservadorismo brasileiro atacou os movimentos sindicais. "A CUT era uma entidade sindical anti-pelega até o PT chegar ao governo. Aí, virou uma entidade super-pelega. Aquilo que havia na época do Jango, quando se falava de pelego, não tem nada a ver com o que tem agora. Eles eram aprendizes de pelegos com relação ao que se tem hoje", declarou o candidato demotucano que abriu guerra contra as lideranças dos trabalhadores depois que foi pego de calças curtas pelas entidades sindicais por propaganda eleitoral fraudulenta. Serra dizia que eram seus os projetos de criação do FAT, de autoria do deputado Jorge Uequed (PMDB-SP), bem como o do seguro-desemprego, instituído pelo governo Sarney.
(Carta Maior; 15-07)

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook