Segunda-Feira, 20 de Abril de 2015

Página Inicial>Brasil

Seminário sobre tráfico de pessoas reunirá autoridades de vários países

A ideia é compartilhar experiências bem sucedidas de enfrentamento ao tráfico de pessoas, fortalecendo o combate contra este tipo de crime

Publicada: 25/03/2010 - 13h17m|Fonte: Tatiana Félix - Adital|Versão para impressão|

  • Seminário sobre tráfico de pessoas reunirá autoridades de vários países
O Seminário Regional sobre Tráfico de Pessoas e Exploração Sexual que acontece hoje (25) em São Paulo (SP), reunirá autoridades de seis países e contará também com a presença da Rainha da Suécia, Sílvia Renate Sommerlath, que fará a abertura do evento.

Participam do evento autoridades governamentais, procuradores, promotores, policiais, pesquisadores de países como Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai, além de representantes de organizações da sociedade civil e das Nações Unidas. Da Suécia, também estará presente o Ministro de Desenvolvimento Social, Göran Hägglund.

A ideia é compartilhar experiências bem sucedidas de enfrentamento ao tráfico de pessoas, fortalecendo o combate contra este tipo de crime entre os países participantes. A Suécia contribui com o debate devido à sua experiência política e prática na área.

Adriana Maia, Especialista em Cooperação Técnica da área de Tráfico de Seres Humanos, do Escritório das Nações Unidas sobre drogas e crime (UNODC), disse que o objetivo do seminário é promover a troca de experiências entre os países participantes, permitindo uma maior articulação para combater este crime. "Esse evento serve como uma semente para articular ações e fortalecer o trabalho contra o tráfico", declarou.
O intuito é fazer com que, através da troca de experiências, cada país possa conhecer a realidade desta atividade em outros territórios, já que o tráfico é um crime que ultrapassa todas as fronteiras e vitima milhares de pessoas no mundo. "É importante ter noção de como o tráfico acontece em outros países, já que esse crime tem como característica a saída de pessoas de um país para outro", explicou Adriana.

No Seminário serão abordados os temas "Panorama do Tráfico de Pessoas e Exploração Sexual", "Estratégias Políticas de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas" e "Perspectivas práticas no enfrentamento ao tráfico de pessoas". Todos esses assuntos serão ministrados por especialistas dos países participantes do evento.

Além da Rainha Silvia, estarão presentes também a Primeira Dama do Brasil, Marisa Letícia da Silva, o Ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, o Ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, a Ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire e o representante regional do UNODC, Bo Mathiasen.

Desde o último dia 23 o Casal Real está no país. A visita do Rei Carl XVI Gustaf e da Rainha Sílvia ao Brasil atende a um convite do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Tráfico Humano

O tráfico de seres humanos é um dos crimes mais graves da atualidade, considerado como a escravidão moderna. Afeta todos os continentes e atinge, pelo menos, 2,5 milhões de pessoas no mundo, segundo o UNODC. Estimativas apontam que este crime movimenta 32 bilhões de dólares por ano. A exploração sexual de mulheres é a atividade que mais aparece no contexto do tráfico, sendo, em média, 79 % dos casos. Também são atividades do tráfico de pessoas o trabalho escravo e o tráfico para retirada de órgãos.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook