Segunda-Feira, 01 de Julho de 2013

Página Inicial>Mundo

Rússia e Estados Unidos discutem crise na Síria

Os principais mediadores do conflito na Síria, que dura 21 meses e matou mais de 60 mil pessoas, reúnem-se amanhã (11) em Genebra, na Suíça.

Publicada: 10/01/2013 - 10h25m|Fonte: Agência Brasil|Versão para impressão|

  • Rússia e Estados Unidos discutem crise na Síria
Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os principais mediadores do conflito na Síria, que dura 21 meses e matou mais de 60 mil pessoas, reúnem-se amanhã (11) em Genebra, na Suíça. O emissário especial das Nações Unidas e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, vai conversar com o subsecretário de Estado norte-americano, William Burns, e o vice-chanceler da Rússia, Mikhail Bogdanov.

A reunião ocorre na semana em que o presidente sírio, Bashar Al Assad, anunciou a disposição de negociar o fim dos confrontos, mas negou a possibilidade de deixar o cargo e atacou a oposição. Ele afastou a possibilidade de intervenção estrangeira e demonstrou determinação em manter as ações do governo.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse que o plano de Assad não contribui para o fim da crise. Ele lamentou o tom do discurso de Assad. Há suspeitas de violações de direitos humanos no país, como torturas, prisões indevidas e assassinatos, inclusive de crianças, adolescentes e mulheres.

Antes da reunião de amanhã, houve uma prévia que envolveu representantes da ONU e da Liga Árabe, além da União Europeia, China, dos Estados Unidos, da França, do Reino Unido, da Rússia, Turquia, do Iraque, Kuwait e Catar.

*Com informações da agência estatal de notícias de Cuba, Prensa Latina.

Edição: Graça Adjuto

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook