Segunda-Feira, 27 de Outubro de 2014

Página Inicial>Mundo

"Rejeitamos a ofensiva" reservistas israelenses se recusam a voltar para o Exército

Mais de cinquenta reservistas israelenses assinaram uma carta na qual eles se recusam a se juntar às fileiras do Exército de Israel em protesto contra a ofensiva de seu país que ocorre na Faixa de Gaza.

Publicada: 24/07/2014 - 16h56m|Fonte: RT|Versão para impressão|

  • Reservistas israelenses se negam a reingressar no exército
  • Reservistas israelenses se negam a reingressar no exército
    Foto: © AFP Menahem Kahana
"Somos mais de 50, não apoiamos o Exército israelense e a lei de serviço militar obrigatório. Em parte por que não apoiamos a atual operação militar, por esta razão nos negamos a prestar serviço e apoiamos a todos aqueles que se unam a nós", informa á petição citada pelo jornal " The Washington Post".

Tel Aviv autorizou os militares a convocar mais 8.000 reservistas, elevando o número de mobilizados para a campanha em Gaza à quase 50.000 efetivos.

" Servimos em diferentes unidades e postos, algo que agora lamentamos, porque durante nosso serviço descobrimos que as tropas que atuam nos territórios ocupados não são o único mecanismo de controle sobre a vida dos palestinos, mas todo o sistema militar está envolvido nisso ", disse o comunicado.

A operação iniciada por Israel no último dia 8 de julho contra o movimento Hamas, já causou até o momento mais de 700 palestinos mortos e ao menos 3.700 feridos.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook