Sábado, 17 de Agosto de 2013

Página Inicial>Mundo

Petrópolis já anuncia seis mortos em enchente

A Polícia Militar, bombeiros, Guarda Municipal e equipes da prefeitura estão envolvidos no trabalho socorro às vítimas da chuva na cidade.

Publicada: 18/03/2013 - 10h13m|Versão para impressão|

  • Petrópolis já anuncia seis mortos em enchente
DO RIO
DA AGÊNCIA BRASIL

As fortes chuvas que atingem o Estado do Rio de Janeiro nas últimas 24 horas já deixaram seis mortos no município de Petrópolis nesta segunda-feira (18), segundo o Corpo de Bombeiros. A Defesa Civil registrava ao menos cem ocorrências de alagamento e deslizamento de terra na cidade.

Duas das mortes foram registradas no bairro do Quitandinha, que fica no centro histórico da cidade e por onde passa um rio de mesmo nome. Por conta do temporal, o rio transbordou e invadiu casas.

A terceira morte ocorreu no bairro de Lagoinha. Não foram confirmadas as identidades das vítimas, nem as circunstâncias das mortes. Os bombeiros também não informaram onde ocorreram as últimas três mortes.

Os bairros mais atingidos pela chuva são Alto da Serra, Quitandinha, Sargento Boening, Siméria e Lopes Trovão. Segundo o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, os rios Quitandinha e Piabanha transbordaram. "O Rio Piabanha é o que mais nos preocupa porque corta Petrópolis de ponta a ponta", disse Minc.

Segundo a Defesa Civil, o maior índice pluviométrico foi registrado no bairro Quitandinha, onde foi registrado e 355 milímetros, em um período de 24 horas. No ano passado, o índice foi de 270 milímetros no mês inteiro.

As ruas do centro Petrópolis ficaram completamente alagadas durante a madrugada, impedindo o deslocamento das pessoas. A própria Defesa Civil encontrou dificuldades para se deslocar pela cidade para ajudar a população.

Segundo o órgão, as sirenes instaladas em áreas de risco foram acionadas a tempo para as pessoas deixarem as casas e irem para os pontos de apoio em escolas e uma igreja. Nesta manhã, a prefeitura iniciará o cadastramento das famílias acolhidas nas escolas.

A Polícia Militar, bombeiros, Guarda Municipal e equipes da prefeitura estão envolvidos no trabalho socorro às vítimas da chuva na cidade.

Equipes do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) também estão em Duque de Caxias, município vizinho a Petrópolis. Famílias terão que sair de suas casas no bairro de Santa Cruz, por causa da cheia do Rio Saracuruna, que recebe as águas que descem da serra em Petrópolis.

As cidades de Angra dos Reis, Mangaratiba, no sul fluminense, Niterói, região metropolitana, e Teresópolis, na serra, também sofrem com as chuvas, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook