Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Mundo

Pedofilia: Air France adota medidas contra pedofilia em seus voos

A companhia aérea Air France decidiu adotar medidas contra a pedofilia em seus voos.

Publicada: 01/09/2010 - 10h11m|Versão para impressão|

  • O jornal Le Figaro afirma que Air France decidiu adotar medidas contra pedofilia em voos.
  • O jornal Le Figaro afirma que Air France decidiu adotar medidas contra pedofilia em voos.
Segundo a companhia, apesar de raros, crianças viajando sozinhas já sofreram abusto sexual nos voos. Sindicato de pilotos teme pela segurança dos pequenos viajantes.

A companhia aérea Air France decidiu adotar medidas contra a pedofilia em seus voos. De acordo com uma matéria publicada nesta quarta-feira pelo jornal Le Figaro, o novo manual de segurança da companhia, que data de julho de 2009, e que acabou de ser validado pela Direção Geral da Aviação, estipula que menores entre 4 e 12 anos que viajam sozinhos não devem mais ser colocados ao lado de adultos.

A Air France justifica a medida afirmando que casos de abusos sobre crianças já foram registrados em voos da companhia no passado, principalmente nos trajetos longos. Apesar de serem raros, a companhia afirma que prefere adotar uma atitude responsável ao invés de fechar os olhos para o problema.

Uma medida que divide os sindicatos da Air France. Segundo o Figaro, o Alter, o sindicato minoritário da categoria, teme pela segurança das crianças que viajam sozinhas. Em caso de forte turbulência ou despressurização da cabine, por exemplo, o sindicato considera importante que a criança esteja ao lado de um adulto. Para o Alter, a medida adotada pela Air France é irresponsável e teria sido redigida para satisfazer o serviço jurídico da companhia, que temeria ações na justiça.

O jornal Le Figaro lembra que, nos Estados Unidos, as companhias Delta e Continental já adotaram procedimentos similares.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook