Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Obama diz que Estados Unidos estão prontos para agir se Líbia não decretar cessar-fogo

Segundo o presidente norte-americano, a criação de uma zona de exclusão aérea tem, acima de tudo, caráter humanitário.

Publicada: 19/03/2011 - 16h45m|Fonte: Wellton Máximo - Agência Brasil|Versão para impressão|

O presidente Barack Obama afirmou que os Estados Unidos estão prontos para tomar medidas caso o presidente da Líbia, Muammar Khadafi, não decrete cessar-fogo e pare de atacar os rebeldes. Em discurso no Palácio do Planalto, o líder norte-americano afirmou que a preocupação central da comunidade internacional é proteger a população.

“Ontem, a comunidade internacional pediu o cessar-fogo na Líbia a partir de hoje. Aprovamos [no Conselho de Segurança das Nações Unidas] a formação de uma coligação de vários países para implementar a resolução e proteger a população. Se não tiver cessação imediata, agiremos de alguma maneira”, declarou Obama.

Segundo o presidente norte-americano, a criação de uma zona de exclusão aérea tem, acima de tudo, caráter humanitário. “É uma questão de direitos humanos, de dar direito de defesa com relação à Líbia”, disse.

Em relação à postura do Brasil, que se absteve na votação do Conselho de Segurança que criou a zona de exclusão aérea, Obama não fez críticas. Disse apenas que o país exerceu o seu direito como membro interino do Conselho de Segurança.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook