Domingo, 07 de Setembro de 2014

Página Inicial>Política & Economia

Lula pede a novos ministros continuidade das obras do governo

"Precisamos consolidar todos os programas que já estavam em andamento e, ao mesmo tempo, avançar o máximo possível nas obras já pré-estabelecidas”,

Publicada: 05/04/2010 - 14h43m|Fonte: Paula Laboissière - Agência Brasil|Versão para impressão|

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (5) que vai exigir de todos os dez novos ministros – empossados na última quarta-feira (31) – a continuidade das obras já iniciadas pelo governo federal.

“Entendemos que não é possível, faltando nove meses para terminar o mandato, alguém imaginar começar uma obra nova, tentar inventar um outro programa. Precisamos consolidar todos os programas que já estavam em andamento e, ao mesmo tempo, avançar o máximo possível nas obras já pré-estabelecidas”, disse Lula, ao citar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o programa Minha Casa, Minha Vida.

No programa semanal Café com o Presidente, ele explicou que optou por nomear secretários-executivos para as pastas para não precisar contratar “jogadores novos”. Segundo Lula, os novos ministros vão “entrar em campo a todo vapor”.

Os dez ministros empossados são Erenice Guerra (Casa Civil), Wagner Rossi (Agricultura), Márcia Lopes (Desenvolvimento Social), José Artur (Comunicações), Paulo Passos (Transportes), João Santana (Integração Nacional), Márcio Zimmermann (Minas e Energia), Carlos Gabas Previdência Social), Izabella Teixeira (Meio Ambiente) e Elói Ferreira (Secretaria Especial de Políticas e Promoção da Igualdade Racial).

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook