Terça-Feira, 19 de Março de 2013

Página Inicial>Brasil

Luciano Huck, "mocinho polêmico" ou "playboy inconsequente"?

Apresentador coleciona polêmicas e, entre elas, está a construção irregular de uma pousada e reclamações de pessoas prejudicadas no programa Caldeirão do Huck.

Publicada: 04/12/2012 - 08h45m|Fonte: A Redação|Versão para impressão|

  • Luciano Huck,
O portal de notícias R7 publicou hoje uma matéria que relembra algumas polêmicas em que o apresentador já se envolveu, sem falar de seu incurso pelo campo político.

Segundo o portal, além do episódio dessa semana, em que Luciano foi flagrado dirigindo embriagado e se recusou a usar o bafômetro - o que lhe rendeu um comentário do humorista Rafinha Bastos chamando-o de "seu bosta" e "playboy inconsequente" - o apresentador coleciona outros episódios que ferem a sua imagem de bom moço e sua credibilidade "construída durante anos de assistencialismo barato na tv", como bem afirmou Rafinha Bastos.

Parece que Huck coleciona algumas reclamações de pessoas que participaram de alguns de seus quadros "assistencialistas". Entre elas está o pai dos boxeadores Esquiva e Yamaguchi Falcão. Touro Moreno, 75 anos.

Segundo o portal R7 ele teria reclamado ao jornal Folha de S. Paulo do projeto feito pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, parceiro do apresentador Luciano Huck, dizendo que ele investiu mais de R$ 18 mil no terreno para erguer uma academia de boxe, seu verdadeiro sonho. O que também daria emprego para seus filhos. No lugar, o programa Lar doce Lar, construiu uma casa que, além de tudo, exige uma manutenção que não está ao alcance da família, de pouca renda.

"Além da insatisfação de não ter onde treinar seus meninos, Moreno afirmou que a situação financeira da família está apertada. Segundo Deusa, uma das filhas do lutador, contou ao jornal, a “situação está a mesma, talvez até pior”.

— A conta de luz pulou de R$ 25 para R$ 580. Temos que fazer vaquinha com os vizinhos para pagar. "

O Caldeirão também se meteu em polêmica com Wilson de Melo. Ao atleta, foi prometido uma vaga no Harlem Globetrotters, grupo de atletas americanos que faz basquete para exibilão, caso vencesse um concurso promovido pelo programa de Huck. Segundo o Wilson, o prêmio não saiu apesar dele ter se saído vitorioso.

— No dia 24 de abril de 2010, o Caldeirão do Huck promoveu o concurso Harlem Globetrotters brasileio que elegeu um brasileiro para fazer parte da equipe norte americana de basquete. Me tornei o campeão da competição que foi transmitida em rede nacional pela Rede Globo, mas dois anos depois, ou seja, exatamente HOJE, não assinei nenhum contrato internacional com os Harlem Globetrotters como havia sido prometido no programa Caldeirão do Huck pelo próprio apresentador, Luciano Huck."

"Infelizmente, nada que foi prometido se realizou. Passei por muita humilhação durante a turnê no Brasil por organizadores do concurso. Tenho gravações absurdas dos organizadores falando coisas que ficariam chocados em ouvir. É muito triste toda essa situação, é muito humilhante para qualquer atleta.", diz Wilson.

E, há também o escandaloso fato de que Luciano Huck cercou a praia onde fica sua casa na Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis, sem pedir licença ambiental. Pela atitude, ilegal, Huck foi condenado pela Justiça Federal de Angra dos Reis (RJ) a pagar R$ 40 mil de multa por ter improvisado. A barreira, feita com boias, era para afugentar paparazzi, segundo ele.

E parece que o apresentador também andou se metendo em construções ilegais, mas não foi no morro do Alemão. O apresentador construiu sim uma pousada, interditada pelo Ibama em 2003, porque ela estaria funcionando irregularmente, já que só moradores da ilha que possuem autorização de ocupação de solo podem construir em Fernando de Noronha, Patrimônio Natural da Humanidade. A pousada foi construída em sociedade José Gaudêncio, ex-diretor do Parque Nacional Marinho de Noronha, e os irmãos João Paulo e Pedro Paulo Diniz. Como eles conseguiram autorização para construir, isso já é uma outra polêmica não comentada pelo portal.

Amigo de José Serra e Aécio Neves, Huck declarou à revista Alfa, em sua edição de Abril: "Entro em qualquer lugar do Rio. A minha segurança sou eu. As pessoas são iguais, só tem grana diferente". Disse ainda que talvez pense em ser candidato a presidente do Brasil, daqui uns dez, quem sabe.

Esperamos que até lá ele mude de ideia.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook