Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Brasil

Lewandowski contesta Britto e Barbosa

Lewandowski não assistirá a réplica sem tréplica.

Publicada: 27/08/2012 - 09h19m|Fonte: Conversa Afiada|Versão para impressão|

  • Lewandowski contesta Britto e Barbosa
Paulo Henrique Amorim

Ao fim do voto de Lewandowski, que absolveu João Paulo Cunha e Marcos Valério e seus sócios, o ministro relator, Joaquim Barbosa, anunciou que, na próxima sessão, responderá a todas as perguntas contidas no voto de Lewandowski.

Seria uma réplica ao revisor.

Lewandowski imediatamente disse que queria responder à réplica de Barbosa- ou seja, que tinha direito à tréplica.

Ayres Britto não concordou.

Porque, se um tiver que se contrapor a outro, o julgamento não terminará nunca.

Lewandowski voltou a insistir: vai haver réplica sem tréplica ?

E não gostou de Ayres Britto ter conferido “centralidade” ao papel do relator – o que deu a impressão de que o revisor, Lewandowski, teria um papel secundário, não-central.

Lewandowski protestou e avisou que, se não tiver garantia de uma tréplica, não assistirá à sessão em que Barbosa proferir a réplica.

Mau sinal.

Como diz o Mestre Falcão, que pergunta se Peluso vai ou não: a incerteza no julgamento é uma agressão ao Direito dos réus, dos advogados e dos próprios ministros.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook