Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Brasil

Igreja Católica intensifica campanha de combate e prevenção à aids

Segundo o conselho, serão transmitidas orientações para médicos católicos, enfermeiros, técnicos e os profissionais de saúde em geral, e também aos pacientes.

Publicada: 04/02/2011 - 04h57m|Fonte: Agência Brasil|Versão para impressão|

Preocupada com o avanço da aids no mundo, a Igreja Católica decidiu intensificar a campanha de combate e prevenção à doença. Em 28 de maio, o Vaticano promove uma conferência internacional sobre a prevenção e os cuidados com os doentes infectados com o vírus HIV. A decisão foi anunciada pelo Concelho Pontífice dos Trabalhadores de Cuidados de Saúde do Vaticano.

Segundo o conselho, serão transmitidas orientações para médicos católicos, enfermeiros, técnicos e os profissionais de saúde em geral, assim como para os pacientes. De acordo com a agência das Nações Unidas para o combate à doença, a Unaids, há 33,3 milhões de pessoas no mundo contaminadas, das quais 22,5 milhões vivem na África.

No final do ano passado, o papa Bento XVI afirmou que as pessoas que usam preservativos dão exemplo pois estão preocupadas com a saúde do parceiro. A afirmação gerou polêmica em meio à interpretação de que a Igreja Católica havia mudado de posição em defesa do uso de preservativos.

O subsecretário do Departamento de Saúde do Vaticano, Jean-Marie Mpendawatu Mate Musivi, disse que a posição do Vaticano sobre o tema será debatida na conferência de maio. Foram convidados especialistas das Nações Unidas e de outras organizações. “Há um problema de compreensão, é preciso explicar bem as coisas e o que o papa disse”, afirmou.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook