Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Google lança petição contra proposta alemã de imposto

O Google lançou na semana passada uma campanha contra uma proposta de lei na Alemanha que forçaria a empresa a pagar impostos de direitos autorais

Publicada: 09/12/2012 - 23h04m|Fonte: Observatório da Imprensa|Versão para impressão|

  • Google lança petição contra proposta alemã de imposto
O Google lançou na semana passada uma campanha contra uma proposta de lei na Alemanha que forçaria a empresa a pagar impostos de direitos autorais toda vez que reproduzir textos jornalísticos de outros portais.

A lei é defendida pela coalizão da chancheler Angela Merkel e tem o apoio do lobby de editoras, como Alex Springer. O projeto serve como uma extensão da lei de direitos autorais para cobrir casos de reprodução de textos dentro de sistemas de buscas, como é o caso do Google.

A petição lançada pela empresa argumenta que a lei dificultaria a busca e o acesso de informações por usuários. “A maioria das pessoas nunca ouviu falar dessa proposta de lei”, diz o diretor do Google na Alemanha, Stefan Tweraser. “Essa lei afetaria todos os usuários de internet na Alemanha e significaria menos informações para os consumidores e maiores custos para as empresas”.

Não é a primeira vez que o Google sofre problemas com a reprodução de conteúdos jornalísticos. No Brasil, a Associação Nacionais de Jornais recentemente decidiu se retirar do serviço do Google.

O caso é utilizado como exemplo por opositores ao projeto de lei na Alemanha. Eles argumentam que a lei é desnecessária, pois os jornais descontentes com a ferramenta do Google são capazes de se retirar do serviço.

Na França, após polêmica similar, o Google ameaçou excluir os sites de mídia franceses de seus resultados. A atitude levou o ministro francês da cultura a afirmar que “não se lida com um governo democrático através de ameaças”. Informações de David Meyer [ZDNet.com, 27/11/12]

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook