Sábado, 17 de Agosto de 2013

Página Inicial>Brasil

Fiéis fazem vigília em Aparecida à espera do papa Francisco

Para monitorar a segurança, foi montada uma central de operações na torre da basílica.

Publicada: 23/07/2013 - 21h56m|Fonte: Marli Moreira - Agência Brasil/EBC|Versão para impressão|

  • Muitos dos peregrinos pretendem passar a noite em vigília à espera da missa, marcada para as 10h30.
  • Muitos dos peregrinos pretendem passar a noite em vigília à espera da missa, marcada para as 10h30.
    Foto: Abr
arecida (São Paulo) – Durante todo o dia de hoje (23), foi intensa a movimentação de fiéis que chegavam de várias regiões do Brasil e do exterior para assistir amanhã (24) à missa celebrada pelo papa Francisco na basílica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, a 180 quilômetros da capital. O templo foi fechado às 18h desta terça-feira, três horas antes do habitual, para que os agentes de segurança fizessem a última varredura para prevenir riscos para o pontífice, sua comitiva e os fiéis.

Muitos dos peregrinos pretendem passar a noite em vigília à espera da missa, marcada para as 10h30. Durante a vigília, artistas se revezarão em apresentações, entre eles, a cantora Elba Ramalho e os cantores Neguinho da Beija-Flor e Sérgio Reis, além do padre Antonio Maria e da irmã Kelly Patrícia.

Para monitorar a segurança, foi montada uma central de operações na torre da basílica. Na central, 78 câmeras de vídeo captam imagens dos principais pontos da cidade. Os eventos de Aparecida envolvem a participação de 5 mil integrantes das Forças Armadas, das polícias Militar, Federal e Civil e da Guarda Municipal, além de profissionais da concessionária NovaDutra.

De acordo com os organizadores da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), mais de 3 mil jornalistas brasileiros e estrangeiros estão credenciados para a cobertura de amanhã em Aparecida.

A expectativa, segundo a organização da JMJ, é que mais peregrinos cheguem entre a meia-noite e a madrugada de amanhã (24).

No último domingo (21), durante um dos ensaios, foi encontrado um objeto suspeito que, posteriormente, a Polícia Militar comprovou ser uma bomba de fabricação caseira, que foi desativada, sem representar ameaça às pessoas.

"Já fizemos vários ensaios e simulações de casos que exigiam providências, repetimos as ações por duas vezes hoje e estamos prontos para garantir a segurança nesta visita do papa", disse o general William Georges Abrahão, comandante da 12ª Brigada de Infantaria Leve e Aeroviária.

A concessionária NovaDutra informou que a entrada principal de Aparecida, no km 71, será reservada para os carros de passeio e vans. Os ônibus terão acesso pelo km 74. Nas áreas ao redor do estacionamento do santuário, há espaço para 1,1 mil ônibus e 1,2 mil automóveis. E há locais um pouco mais distantes, mas que também dão acesso ao templo, que oferecem muitas vagas.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook