Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Mundo

Explosão de violência em Jerusalém Oriental

A Cidade Velha é o cerne do conflito israel-palestina, o que torna controverso a reabertura da sinagoga.

Publicada: 16/03/2010 - 23h36m|Fonte: Al Jazeera|Versão para impressão|

  • Explosão de violência em Jerusalém Oriental
Palestinos entraram em choque com a polícia israelense em duas áreas de Jerusalém Oriental ocupada, depois de grupos palestinos convocarem os palestinos para um "dia de fúria" sobre a reabertura de uma sinagoga na Cidade Velha.

Palestinos atiraram pedras contra a polícia israelense, que respondeu com granadas de efeito moral.

Pelo menos 90 pessoas ficaram feridas nos confrontos, cerca de 15 pessoas gravemente ferido por balas de borracha revestidas de aço, inalação de gás lacrimogêneo e nas mãos da polícia israelense.

Forças de segurança de Israel disse que oito policiais ficaram levemente feridos em confrontos que terminaram com mais de 60 detenções.

Cerca de 3.000 policiais foram mobilizados em Jerusalém Oriental e vilas próximas depois que o Hamas e outros grupos palestinos chamado para a ação em resposta à reabertura da sinagoga Hurva.

O Hurva, considerada um dos locais mais sagrados do judaísmo, foi reaberto pela primeira vez em 62 anos na segunda-feira no bairro judeu da Cidade Velha de Jerusalém.

A Cidade Velha é o cerne do conflito israel-palestina, o que torna controverso a reabertura da sinagoga.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook