Sábado, 17 de Agosto de 2013

Página Inicial>Mundo

Enfermeira que se matou após trote deixou carta criticando hospital

Em um dos bilhetes, Jacintha, que deixou marido e dois filhos, descreve como teve dificuldades para lidar com o trote.

Publicada: 14/12/2012 - 13h42m|Fonte: Jornal do Brasil|Versão para impressão|

  • Enfermeira que se matou após trote deixou carta criticando hospital

  • Foto: Jornal do Brasil
A enfermeira indiana Jacintha Saldanha, que se suicidou após ser vítima de um trote para o hospital em que estava internada a duquesa britânica Kate Middleton, deixou três cartas para a família explicando a angústia que a levou a tirar a própria vida após a brincadeira realizada por dois radialistas australianos, informa o site do jornal britânico Daily Mirror nesta sexta-feira.

Em um dos bilhetes, Jacintha, que deixou marido e dois filhos, descreve como teve dificuldades para lidar com o trote. Em outro, no entanto, ela critica colegas de trabalho do hospital King Edwards VII pelo tratamento que recebeu nos dias que sucederam a ligação feita pelos australianos. Segundo o Daily Mirror, este segundo bilhete deixou a família da indiana furiosa. Acredita-se que o viúvo, Ben Barboza, queira uma investigação independente sobre os fatos que antecederam o suicídio da mulher.

"Uma das cartas, a mais longa, trata do hospital em um tom crítico. É desnecessário dizer que Ben quer uma investigação completa sobre o que aconteceu e quer ter certeza de que a verdade virá à tona. Dentro da carta, Jacintha questiona o tratamento que recebeu no hospital", disse uma pessoa ligada à família ao Daily Mirror.

A polícia está em posse dos bilhetes originais, mas concedeu cópias dos três para a família. A terceira carta seria mais prática e versaria sobre os arranjos que Jacintha queria para o seu funeral.

A enfermeira de 46 anos foi encontrada morta na última sexta-feira, dia 7 de dezembro, três dias após a dupla de radialistas australiano ligar para o hospital King Edwards VII se passando pela rainha Elizabeth II e pelo príncipe Charles. Jacintha foi a primeira pessoa a atender a ligação e passou para uma colega, também enfermeira, que deu informações confidenciais sobre a saúde de Kate, então internada para tratar de uma complicação na gravidez, para os radialistas.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook