Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Mundo

Encontro na África planeja combate ao tráfico humano na Copa do Mundo 2010

Irmã Gabriella Bottani, da articulação brasileira da Rede Um Grito pela Vida, disse que o objetivo do encontro é planejar ações em rede para enfrentar os riscos

Publicada: 19/02/2010 - 13h14m|Fonte: Tatiana Félix - Adital|Versão para impressão|

Durante esta semana está acontecendo em Joanesburgo, na África do Sul, uma reunião para planejar ações da Campanha Contra o Tráfico de Seres Humanos com foco na Copa do Mundo, que será realizada em junho deste ano. O encontro começou na última segunda-feira e vai até amanhã (19). Um grupo de 25 pessoas, composto por representantes da África do Sul e das redes organizadas de diversos países, que atuam no combate ao tráfico de pessoas, participa do evento.

Irmã Gabriella Bottani, da articulação brasileira da Rede Um Grito pela Vida, disse que o objetivo do encontro é planejar ações em rede para enfrentar os riscos de tráfico de pessoas, crime possível de acontecer em grandes eventos esportivos, devido à grande movimentação de pessoas de diversos países. Irmã Gabriella é a única representante da América Latina a participar do encontro na África.

Esta é a primeira vez em que uma campanha de enfrentamento ao tráfico humano em eventos esportivos é fortemente articulada. Segundo Gabriella, a única experiência nessa área aconteceu na última Copa do Mundo, em 2006.
"Foi uma experiência pequena, nós ainda não conhecemos essa realidade de combater o tráfico em eventos esportivos", explicou, ressaltando que o risco existe, sobretudo em países vulneráveis. "A realidade local contribui para aumentar as chances de acontecer o crime".

Nesta reunião devem acontecer muitas atividades em grupo, trocas de experiências e ideias para a campanha. Também serão definidos os meios e os locais onde a campanha deverá ser veiculada. A expectativa, disse ela, é conhecer mais sobre a realidade e os riscos de eventos esportivos mundiais, e trazer a experiência para o Brasil, local onde acontecerá a próxima Copa do Mundo, em 2014.

Na programação do encontro estão previstas apresentação de temas como Riscos do Tráfico ligados aos eventos de esportes, Análise do fluxo dos espectadores e das possíveis vítimas que estão chegando à África do Sul, Sistemas Judiciários da África do Sul e "De onde vêm as vítimas potenciais?", entre outros.

Rede Um Grito pela Vida

A Rede Internacional Um Grito pela Vida nasceu em 2001, quando centenas de religiosas, decidiram, em uma reunião, em Roma, na Itália, a trabalhar no combate ao tráfico de pessoas, cada uma em seu país. O objetivo da organização é, além de enfrentar o tráfico, também prestar atendimento às vítimas deste crime.

No Brasil, a Rede foi formada em 2006, fortalecendo o trabalho em escala mundial de prevenção ao tráfico humano, um crime que atravessa as fronteiras e os continentes, ferindo a dignidade de milhares de pessoas em todo o mundo.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook