Terça-Feira, 02 de Dezembro de 2014

Página Inicial>Brasil

É possível combinar eficiência organizativa com festa, diz Ministério do Esporte

Segundo Luís Fernandes, a maior movimentação foi bem administrada nos aeroportos, que tiveram índice de atrasos de 7,46%, abaixo do padrão internacional de 15%.

Publicada: 14/07/2014 - 16h42m|Fonte: Vinícius Lisboa – Agência Brasil|Versão para impressão|

  • Show de encerramento da Copa do Mundo 2014 no Estádio Maracanã
  • Show de encerramento da Copa do Mundo 2014 no Estádio Maracanã
    Foto: Marcello Casal Jr/Agência Bras
O número de turistas estrangeiros que visitou o país no mês de junho aumentou 132% com a Copa do Mundo, divulgou hoje (14) o secretário executivo do Ministério do Esporte, Luís Fernandes, em entrevista coletiva que fez um balanço do evento. O número de estrangeiros chegou a 700 mil no mês, antecipou Fernandes. "Mudou também o perfil dos visitantes. O turista corporativo cedeu espaço ao que veio aproveitar o Mundial", disse o secretário, que enumerou também a taxa de ocupação da rede hoteleira, que atingiu 80% na primeira semana do campeonato.

Sobre o movimento nos aeroportos, os dados do governo apontam que a média diária de passageiros chegou a 485 mil pessoas nos 21 principais aeroportos do país, superando os 365 mil atingidos no carnaval e os 404 mil do Natal de 2013.

Segundo Luís Fernandes, a maior movimentação foi bem administrada nos aeroportos, que tiveram índice de atrasos de 7,46%, abaixo do padrão internacional de 15%. O resultado também foi melhor que o padrão europeu (7,6%).

"Uma das principais marcas que a Copa do Brasil deixou para o mundo foi que é possível combinar eficiência organizativa com ambiente de festa, de celebração e de espontaneidade, que contagiou todo mundo", resumiu ele, que minimizou os problemas: "Os problemas foram pontuais e não afetaram a operação sistêmica".

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook