Segunda-Feira, 01 de Julho de 2013

Página Inicial>Variedades

Dhomini, investigado por declarações contra animais

Delegado vai pedir arquivamento do inquérito contra BBB.

Publicada: 22/01/2013 - 12h30m|Versão para impressão|

  • Dhomini, investigado por declarações contra animais
O inquérito aberto na sexta-feira (18) para apurar o caso de maus tratos de um cachorro por parte de Dhomini Ferreira será enviado hoje ao Ministério Público (MP), sugerindo o seu arquivamento.

O delegado Luziano Carvalho, da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA) de Goiás, afirmou ao UOL que foram feitas investigações no local do suposto crime, em uma chácara de Goiás, e a família de Dhomini foi ouvida sobre o caso. Até uma simulação foi feita, tentando reproduzir a cena de Dhomini arrancando os dentes de um cachorro com um machado, o que o participante do "BBB13" afirmou que havia feito.

A "conclusão sem nenhum erro", segundo o delegado, é a de que não houve crime. "O machado causa lesões profundas e fraturas e, portanto, é impróprio para a prática de crime de maus tratos para a extração de dentes. Então é impossível que tenha ocorrido o crime."

O delegado disse que também não aconteceu incitação ou apologia porque não houve crime. Juridicamente, o caso se caracteriza como fato atípico e, assim, não pode ser considerado crime. "A polícia civil de Goiás diz que é impossível ter ocorrido a prática de crime. Se o MP entender diferente, aí é com eles."

O responsável pelo caso ressaltou que o próprio instrumento machado é maior que a cabeça de um cachorro, e que foram feitos relatórios de médicos veterinários antes de concluir a investigação. "Segundo o irmão de Dhomini, ele conta muitas piadas. Algumas eu até incluí no caso, e a maioria envolve animais e animais silvestres", salientou o delegado. "Estamos extremamente conscientes da decisão."

No domingo, no intervalo do "BBB13" ao vivo, Dhomini desmentiu o caso aos participantes da casa.

Irmão nega maus-tratos
Procurado pela reportagem do UOL, Romeu Fontes, irmão de Dhomini, disse que a declaração é mentira do brother. "Isso é invenção dele. Ele deve ter dito isso só por causa da polêmica", declarou.

De acordo com Romeu, o irmão nunca teve problemas com animais. "Nós vivemos juntos por muitos anos, trabalhamos juntos e ele nunca fez nada disso. Temos cachorros até hoje e são todos muito bem tratados".

A repercussão do caso foi considerada "bem negativa" por Romeu, que lamentou a frase de Dhomini: "Foi um comentário infeliz, uma infantilidade".

O irmão também desmentiu a declaração de Dhomini de que teria tido sua primeira vez com uma égua. "Isso é conversa fiada, de menino de roça. Ele mantem muito a raiz". Segundo o ex-BBB contou na casa, dois amigos tiveram que ajudar durante o ato. Um deles teria segurado a égua enquanto o outro fazia vigilância, para evitar que o seu pai visse.

Mais sobre o caso
A frase polêmica foi proferida por Dhomini a Natália, André e Yuri. "Na terceira vez que ele me mordeu eu não aguentei e tirei os dentes da boca dele". Dhomini explicou que segurou a corrente do animal, pegou um machado e extraiu os dentes dele. "Aí ficou meu amigo, 'o banguela'. Ele ria para mim só com uns caquinhos do dente". Segundo o goiano, o cachorro ainda viveu mais "uns cinco anos".

Nas redes sociais, internautas manifestaram indignação à frase do campeão do "BBB3" e pediram para que ele fosse acionado pela Justiça.

Confira fotos de Dhomini no "BBB13".

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook