Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Cory Doctorow: 2014, o ano que perderemos a Web

Por mais que se procure, não há ninguém apto a fazer qualquer coisa a respeito.

Publicada: 14/01/2014 - 03h50m|Fonte: Cory Doctorow|Versão para impressão|

  • E isto vem basicamente sendo conduzido pela Netflix
  • E isto vem basicamente sendo conduzido pela Netflix
Na ultima quinta-feira, o jornalista, escritor e ativista do copyleft Cory Doctorow fez um alerta em seu blog pessoal sobre as consquências do W3C aceitar o DRM (Digital Rights Management - Gestão de Direitos Digitais) no HTML5, inclusive permitindo que a MPAA integre o consórcio que deveria garantir os padrões abertos na web:

"Estamos nos Huxleyando em completos Orwells.

Por mais que eu tente, não consigo espantar a sensação de que 2014 é o ano em que perdemos a Web. A pressão da W3C por controle de DRM (Digital Rights Management - Gestão de Direitos Digitais) em todos os navegadores vai assegurar que todas as interfaces construídas em HTML5 (que são praticamente todas) serão opacas aos usuários, e será ilegal reportar falhas de segurança nelas (porque reportar falhas de segurança em DRM te expõe ao risco de ser processado por fraude de dispositivo de segurança), de forma a aterrorizá-los com a possibilidade de que os mais sinistros, vigaristas e autoritários salafrários terão o poder de sequestrar seu computador e te foder de todas as formas possíveis e imagináveis.

Por mais que se procure, não há ninguém apto a fazer qualquer coisa a respeito. Google, Apple e Microsoft têm todos construídos arcabouços de DRM proprietários que fundamentam a WC3 a aceitar trabalhos de normalização sobre DRM (e agora oa W3C admitiu a MPAA, Motion Picture Association of America - Associação cinematográfica da América, como membro - uma organização que preconiza expressamente que toda a tecnologia deva ser desenvolvida sob o controle secreto e remoto de alguém que não seja seu proprietário, e que deva ser ilegal subverter este controle).

Assim que for normatizado na W3C, todos os navegadores alternativos (tais como o Firefox) serão forçados a introduzir em seu software dispositivos fechados opacos e com vulnerabilidades não reportáveis para implementar as novas regras.

E isto vem basicamente sendo conduzido pela Netflix. Todo mundo envolvido na indústria de navegadores está convencido que em não se dando pleno suporte à Netflix se está condenado à marginalidade, e a Netflix exige que computadores sejam desenvolvidos de modo a desobedecer e ocultar segredosde seus proprietários (para que estes não tenham forma nenhuma de salvar video em streaming em disco local).

Estamos nos Huxleyando em completos Orwells.

Eu não estou brincando sobre nada disso. Eu estou perdendo o sono. Acho que esse pode ser o fim do jogo."



Link para a postagem original: http://mostlysignssomeportents.tumblr.com/post/72759474218/we-are-huxleying-ourselves-into-the-full-orwell

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook