Sábado, 17 de Agosto de 2013

Página Inicial>Brasil

Contraf diz que bancos vão se surpreender com tamanho da greve

Os bancários de todo o país entraram em greve hoje (18) por tempo indeterminado.

Publicada: 18/09/2012 - 13h57m|Fonte: Agência Brasil|Versão para impressão|

  • Contraf diz que bancos vão se surpreender com tamanho da greve

  • Foto: Agência Brasil
Carolina Sarres
Repórter da Agência Brasil
Brasília – Os bancários de todo o país entram em greve hoje (18) por tempo indeterminado. Grande parte dos serviços – como pagamentos, saques, transferências e depósitos – pode ser feita nos caixas eletrônicos, em lotéricas e agências dos Correios, pela internet ou pelo telefone. Alguns serviços, como troca de senhas de cartões e contração de empréstimos de valor mais alto (para financiamentos ou compras de imóveis e automóveis) estão suspensos.
“A greve começou hoje pela irresponsabilidade dos bancos. Eles querem ver o tamanho da greve e vão se surpreender”, disse o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e coordenador do Comando Nacional dos Bancários, Carlos Cordeiro.
Cerca de 500 mil funcionários devem deixar de trabalhar. Hoje, ocorrem assembleias em todos os estados para organizar o movimento. Na última paralisação da categoria, em 2011, aproximadamente 10 mil agências bancárias ficaram fechadas, segundo a Contraf.
De acordo com a confederação, que reúne 130 sindicatos em todo o país, ainda não há estimativa de quantas agências serão fechadas a partir de hoje. Segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), há cerca de 35 mil agências bancárias no Brasil.
Os trabalhadores em greve pedem correção de rendimentos com base no piso salarial proposto pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) – de R$ 2,4 mil, R$ 1 mil a mais do que a base da categoria recebe atualmente –, maior participação nos lucros e nos resultados dos bancos, plano de cargos e salários, elevação do valor de benefícios, fim da rotatividade de mão de obra e mais segurança nos locais de trabalho.
“Estudos demonstram que bancários recontratados começam um novo emprego ganhando, em média, 7% a menos do que recebiam no emprego anterior. Atualmente, esse percentual chega a 35%. Os bancos estão usando essa rotatividade para reduzir custos e ampliar os lucros, em vez de aumentar os postos de trabalho e vender mais produtos”, explicou Carlos Cordeiro, da Contraf.
Desde agosto, a categoria vem negociando com a Federação Nacional de Bancos (Fenaban), que, segundo a Contraf, apresentou uma proposta de reajuste insatisfatória, correspondente a aumento real dos salários de menos de 1%, o que elevaria os rendimentos em cerca de R$ 500.
Em nota, a Fenaban informou que durante as negociações com a categoria foi oferecido aumento de 6% nos salários – que corrigiria salários, pisos e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) – e em benefícios, como auxílio-alimentação e auxílio-creche.
A federação ainda lamentou a decisão dos sindicatos de bancários de recorrer à greve, que seria um "incômodo à população", prejudicada pelas greves dos servidores públicos que ocorreram nos últimos meses.

Como agir durante a greve nos bancos:
Pagamentos:
Antes do vencimento – caixa eletrônico, banco 24 horas, internet banking, aplicativos de celular e tablets, telefone, correspondente bancário em lotéricas, agências dos Correios e supermercados, DDA (Débito Direto Autorizado) ou débito automático.
Depois do vencimento – correspondente bancário em lotéricas, agências dos Correios e supermercados

Saques: ficam limitados a R$ 1.000 ao dia em caixa eletrônico, banco 24 horas, correspondentes bancários em lotéricas, agências dos Correios e supermercados. Aos correspondentes bancários também são limitados os saques em três transações por dia.

Consulta saldo/extrato: caixa eletrônico, banco 24 horas, internet banking, aplicativo de celular e tablets, telefone, correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios

Outras consultas – lançamentos futuros, extrato de compras com cartões de débito e crédito, informe de rendimentos, de investimento, de poupança: internet banking, aplicativo de celular e tablets

Talão de cheque: caixa eletrônico, internet banking (impressão)

Depósito: caixa eletrônico, correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios, limitado a R$ 1.000 ou a três transações por dia

Transferências:
Documento de Crédito (DOC), valor inferior a R$ 5.000: caixa eletrônico, banco 24 horas, internet banking, aplicativo de celular e tablets, telefone

Transferências Eletrônicas Disponíveis (TED), valor igual ou superior a R$ 3.000: caixa eletrônico, banco 24 horas, internet banking, aplicativo de celular e tablets, telefone

Bloqueio/Desbloqueio de cartões: caixa eletrônico, internet banking, aplicativo de celular e tablets, telefone

Recarga de celular: caixa eletrônico, banco 24 horas, internet banking, aplicativo de celular e tablets, telefone, correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios/farmácias/supermercados

Resgate automático de investimentos: caixa eletrônico, internet banking

Administração de aplicações e transações agendadas: internet banking

Declaração Anual de Isento (Imposto de Renda): correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios

Recebimento de benefícios (INSS, PIS, Pasep, abono): caixa eletrônico, correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios

Declaração Anual de Isento (Imposto de Renda): correspondente bancário/lotéricas/agências dos Correios

Empréstimos/Crédito Direto ao Consumidor (CDC): caixa eletrônico

Empréstimo consignado a aposentados, pensionistas do INSS, empregados de empresas conveniadas: correspondente bancário

Exclusão de cadastros/Serasa e SPC: negociação com as entidades


Com a greve ficam suspensos os seguintes serviços:
Outros empréstimos com valores mais altos;
Financiamentos (para compra de imóveis e automóveis);
Criação ou modificação de senhas ou
Resgate de cheque sem fundo

*Fonte: Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Banco Central, Sistema de Proteção ao Consumidor (SPC), Serasa.
Edição: Talita Cavalcante

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook