Segunda-Feira, 01 de Julho de 2013

Página Inicial>Mundo

Confrontos no Egito se estendem pela madrugada e violência é intensa

A violência é intensa. Só nesta manhã quatro pessoas morreram vítimas de tiros disparados, elevando para sete o número de mortos nas últimas 24 horas.

Publicada: 03/02/2011 - 08h37m|Fonte: Agência Lusa|Versão para impressão|

  • Confrontos no Egito se estendem pela madrugada e violência é intensa

  • Foto: AFP
Os confrontos entre manifestantes contrários e favoráveis ao governo do presidente do Egito, Hosni Mubarak, continuaram na madrugada de hoje (3) nas ruas na capital egípcia, o Cairo. É o décimo dia de protestos no país.

A violência é intensa. Só nesta manhã quatro pessoas morreram vítimas de tiros disparados, elevando para sete o número de mortos nas últimas 24 horas.

“Tivemos quatro mortos vítimas de balas”, afirmou o médico Mohamed Ismail, que está em um hospital de campanha montado ao lado da Praça Tahrir – que se transformou no centro das manifestações.

De acordo com organizações não governamentais, nos últimos dias foram registrados 300 mortos. Segundo o Ministério da Saúde egípcio, mais de 600 pessoas ficaram feridas na Praça Tahrir. Em geral, os ferimentos foram causados por pedras atiradas durante o protesto.

Durante a noite de ontem (2) e a madrugada de hoje, as agressões entre grupos de manifestantes se intensificaram, principalmente nas imediações da Praça Tahrir. Uma das situações envolveu dois homens que estavam no interior de uma viatura policial e foram retirados por manifestantes que os espancaram.

Outro episódio foi um tanque do Exército que avançou na direção de manifestantes pró-Mubarak. Os simpatizantes do atual governo são chamados pela imprensa estatal de manifestantes pró-estabilidade.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook