Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2013

Página Inicial>Brasil

Chuva deixa 26 municípios do interior paulista em situação de emergência

Na região de Campinas, vários municípios foram afetados, mas também não há feridos ou mortes.

Publicada: 26/01/2010 - 10h58m|Fonte: Agência Brasil|Versão para impressão|

Vinte e seis cidades do interior paulista estão em situação de emergência por causa da chuva forte registrada desde o começo do mês. Entre os municípios afetados estão Atibaia, Capivari e Sumaré. Segundo o balanço divulgado hoje (26) pela Defesa Civil do estado, 62 pessoas morreram desde dezembro em consequência da chuva e o número de desalojados subiu para 18.678 em 132 municípios.

Ontem (25) à tarde, a cidade de Itapevi foi uma das mais castigadas na zona oeste da Grande São Paulo. Entre os estragos houve uma erosão com ruptura quase total da estrada SP-29, que liga o município à Rodovia Castelo Branco. A via está bloqueada, mas não é o único acesso à cidade. Outras opções são o Rodoanel e a Rodovia Raposo Tavares.

Segundo a Secretaria Estadual dos Transportes, um veículo de uma empresa prestadora de serviços do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que passava pelo local, no momento do deslizamento, caiu na cratera, causando ferimentos leves em um dos dois ocupantes.

Outra estrada com problemas de erosão desde o último dia 18 é a SP-66, que liga Jacareí a Guararema, região do Vale do Paraíba. A via foi interditada e ainda não há previsão de quando será liberada.

Na madrugada de ontem (25), 19 moradias desmoronaram em Carapicuíba, região de Osasco, mas não há registro de feridos ou mortos, segundo a Defesa Civil. Não chovia no momento das ocorrências.

Na região de Campinas, vários municípios foram afetados, mas também não há feridos ou mortes. Entre as cidades atingidas está Serra Negra, onde o Ribeirão da Serra transbordou.

Na cidade de São Paulo, o sol chegou a aparecer entre nuvens hoje (26) cedo, mas o céu ficou nublado no final da manhã. A previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), órgão da prefeitura, é de chuvas no início da tarde. As áreas de instabilidade devem se formar nas zonas oeste e norte da região metropolitana e depois se espalhar pelas demais regiões da capital paulista.

De acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, deve chover forte em São Paulo, assim como em mais 13 localidades do país: sul do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, Triângulo Mineiro, Goiás, Mato Grosso, Amazonas, Tocantins, Acre, Rondônia, Pará, Maranhão, Piauí e leste de Mato Grosso.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook