Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Atentados com 14 carros-bomba deixam ao menos 60 mortos no Iraque

A menos de uma semana do fim das operações de combate das forças americanas no Iraque, uma nova insurreição provoca uma série de atentados no país.

Publicada: 25/08/2010 - 17h11m|Versão para impressão|

  • Atentados com 14 carros-bomba deixam ao menos 60 mortos no Iraque
A menos de uma semana do fim das operações de combate das forças americanas no Iraque, a insurreição islâmica iraquiana provocou hoje um banho de sangue com uma série de atentados em dez cidades do país. Mais de 4 mil soldados dos EUA e cerca de 100 mil civis iraquianos morreram em atentados desde a invasão em 2003.

Os rebeldes explodiram 14 carros-bomba, deixando ao menos 60 mortos e 250 feridos em vários pontos do país. Na capital, um carro-bomba explodiu perto de um posto policial. As outras cidades atingidas foram Kirkuk , a 240 km ao norte de Bagdá, Basra no extremo sul do Iraque, Kerbala, a110 km ao sul de Bagdá, em Dujail, a 60 km ao norte da capital, e em Muqdadiya, na província de Diyala. A cidade de Kut, 160 km ao sudeste de Bagdá também foi atingida.

A maioria dos mortos são policiais, mas os ataques também fizeram vítimas civis. Os alvos escolhidos pelos terroristas são ligados à policia e à administração pública iraquiana, como um posto de emissão de passaportes.

A violência aumenta em um momento de vulnerabilidade política no país. Sete anos depois da invasão do Iraque comandada pelos Estados Unidos, o país continua a sofrer por não ter formar um governo de coalizão após as eleições de março.

Essa série de atentados espetacular acontece no dia seguinte ao anúncio do governo americano de reduzir a menos de 50 mil o número de soldados presentes no país a partir de 1° de setembro. O atual contingente de militares americanos no Iraque representa menos que um terço do maior número de tropas mobilizadas no país, que chegou a 170.000 em 2007.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook