Segunda-Feira, 01 de Julho de 2013

Página Inicial>Mundo

A valiosa teimosia dos Venezuelanos

Na 18ª ida às urnas, 50,6% votaram pela continuidade do projeto iniciado por Hugo Cháves e agora comandado por Nicolás Maduro.

Publicada: 15/04/2013 - 09h36m|Fonte: Carta Maior|Versão para impressão|

  • Vitórioa de Nicolás Maduro nas  Eleições presidenciais na Venezuela
  • Vitórioa de Nicolás Maduro nas Eleições presidenciais na Venezuela
A Venezuela está longe de ser a sucursal do paraíso na terra. Mesmo assim, ainda que por uma diferença pequena de votos, seu povo insiste em avançar na contracorrente das advertências oferecidas pela mídia brasileira e por seu colunismo isento, arguto e atilado. Na Folha deste domingo, Eliane Cantanhêde, por exemplo, salientava que desde 1999 vem alertando para a crise final do processo bolivariano.

E não é que passados 14 anos de erros e acertos, golpe de direita, sabotagens, cerco midiático mundial, 17 consultas eleitorais vitoriosas e a incerteza trazida pela dramática morte de Chávez, ainda assim, na 18ª ida às urnas, 50,6% votaram pela continuidade da luta, com Maduro?
Por que tanta e tão longa insensatez?

Alguns detalhes escapam --lá, como cá-- aos analistas de larga visão: quase a metade da população urbana da Venezuela vivia entre a pobreza e a miséria em 1999, quando tudo começou.

Hoje, esse percentual caiu a 28%. Caracas é uma capital violenta, mas entre as 26 principais cidades da América Latina,é a que apresenta a menor taxa de desigualdade de renda. Na Venezuela, mais de 80% das residência são de propriedade dos seus moradores.

Na prestigiada Colômbia, essa taxa é inferior a 50%. Cerca de 95% dos lares venezuelanos tem saneamento básico. É suficiente? Não. Mas são marcos de um processo inconcluso, que a maioria decidiu continuar. A Venezuela, hoje, é onde a AL ousa ir mais longe no aprendizado para o socialismo.

Não é um caminho de flores. Nunca será. Temos todos a aprender com os avanços e tropeços dessa experiência. Por isso, entre outras razões, é preciso defender o seu direito de prosseguir.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook